Pacientes do Hospital de Campanha de Santarém participam de projeto de música

O projeto ‘Visita Musical’ leva música para as enfermarias através do talento musical de alguns colaboradores da Unidade.

Quem nunca recorreu a uma música para relaxar, animar, ou simplesmente deixar o ritmo levar o corpo na hora de praticar atividades físicas, com a escolha de uma trilha sonora para gerar motivação. Diante disso, a música virou protagonista no projeto ‘Visita Musical’, que começou a ser realizado no dia 13 de julho, nas enfermarias do Hospital de Campanha de Santarém (HCS). Um projeto que busca proporcionar um ambiente hospitalar leve e descontraído aos pacientes que fazem tratamento da covid-19.

A psicóloga da Unidade, Narjara Dantas, explica que a ação traz inúmeros benefícios como redução do estresse e ansiedade para os pacientes que além de enfrentar a doença, lidam com o afastamento físico da família, amigos e trabalho. Segundo a psicóloga, as músicas têm o poder de ativar o cérebro de uma forma geral, pois quando o som entra pelos ouvidos, outras áreas cerebrais também são ativadas como movimento, memória, atenção e emoção. “Os efeitos positivos da música no cérebro, segundo estudos, são capazes de liberar dopamina, neurotransmissor mais conhecido como “hormônio do prazer”, afirmou. 

As músicas também podem estar associadas às memórias às lembranças, tendo o poder de “transportar” as pessoas para um momento marcante já vivido, isso, quando associamos experiências vividas com uma melodia, como relatou o paciente José Rocha Filho, 55 anos, que após ouvir as músicas lembrou das rodas de violão realizadas com amigos e família, na casa onde mora.

“Essas músicas me lembram o som ao vivo que sempre tem na minha casa. Hoje, eu estou me recuperando longe da família, só falo com eles por vídeo. Não é fácil, mas a música acalmou meu coração e renovou minhas esperanças. Logo logo estarei com eles novamente”, disse entre lágrimas.

Emocionado, ele fez um apelo. ‘Quem está bom e não pegou covid, fique em casa e se cuide. Pelo amor de Deus, essa doença é cruel’, concluiu.

E por falar em esperança renovada, para a paciente Valdenora Maria Ribeiros, 55 anos, o sentimento veio em dose dupla. Ela participou de dois projetos no mesmo dia, o primeiro foi a ação da ‘Cabine do Amor’, onde recebeu um abraço das filhas e em seguida, ao retornar para o leito, pôde ouvir músicas na atividade da ‘Visita Musical’. ‘Eu estava muito triste, tristinha mesmo, mas todos aqui são muito esforçados para nos deixar mentalmente motivados e felizes. Esses projetos são maravilhosos. Quando vi a enfermeira cantando, senti que levantou a alma’, agradeceu sorrindo.

Sobre o projeto

A ação foi pensada pelos setores psicossocial e de comunicação da Unidade, e será realizada uma vez por semana, com cerca de 20 minutos de música em cada enfermaria. A ação dá a possibilidade de o paciente pedir a música que gosta.

A cada ala clínica o projeto ganha reforço dos colaboradores daquele setor, que juntos formam um belo coral.

Os vocalistas do projeto são os colaboradores da Unidade, Carlos Jhonatan Victor e a cantora profissional Luciana Brito de Sousa, que atuam nos setores de almoxarifado e raio x, respectivamente. Luciana contou que em sua trajetória como artista sempre cantou em barzinhos para pessoas consideradas saudáveis, no entanto, o projeto lhe trouxe uma experiência única. “Foi muito gratificante trazer música e um pouco de alegria para os pacientes, acredito que a música é alegria. Foi muito lindo ver eles curtindo as melodias e tentando interagir. O momento foi um presente para eles e para mim’, conclui.

O HCS é fruto de parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Santarém e é gerido pelo Instituto Social Mais Saúde.

Ascom HMS