Especial dia das mães: Cuidados com a saúde na gestação

Domingo, 13 Maio 2018 10:00

Confira a entrevista que fizemos com o Dr. José Carlos Filho, Ginecologista e Obstetra do Hospital Waldemar das Dores, sobre os cuidados importantes durante a gestação e o período após o parto, com as principais dicas para as mamães de primeira viagem!

1. Qual é o primeiro passo quando a mulher descobre que está grávida?

R – Após o diagnóstico da gravidez, confirmado pelo teste de laboratório (β-HCG), a mulher deve procurar um médico o quanto antes e marcar sua 1ª consulta de pré-natal, quando serão solicitados os exames necessários, feitas as orientações e prescritas as devidas medicações.

2. Quais exames as mulheres não podem deixar de fazer durante a gravidez?

R – Os exames se tornam rotina para todas as mulheres durante a gravidez. Os principais são:

  • Exames Laboratoriais: hemograma; grupo sanguíneo e fator Rh; glicose; uréia; creatinina; TSH; anti-HIV; antiHCV; HBSag; VDRL; toxoplasmose IgG e IgM; rubéola IgG e IgM; gram de gota; urocultura; entre outros.
  • Ultrassonografias: USG-endovaginal; USG-endovaginal com Translucência Nucal; USG-Morfológico; USGObstétrico; USG-Obstétrico com Doppler; entre outros. No entanto, dependendo da condição clínica de cada mulher, o médico pode solicitar alguns exames complementares.

3. Quais alimentos são mais indicados?

R – A gestante deve ter em mente que uma alimentação saudável e balanceada é importante não só durante a gestação, mas durante toda a vida. Algumas dicas são:

  • Evitar excesso de carboidratos (doces, massas, pães, biscoitos e tubérculos) e gorduras;
  • Consumir legumes, frutas e verduras diariamente;
  • Manter uma boa hidratação, preferindo água ao invés de refrigerantes e sucos industrializados.

Vale lembrar que a gestante não deve “comer por dois”, e sim manter uma alimentação apropriada e periódica, com adequação calórica e controle do peso no pré-natal. Além disso, recomenda-se a orientação de um Nutricionista.

4. Quais atividades físicas são recomendadas? E a frequência?

R – A gestante deve manter uma rotina saudável de exercícios físicos, a não ser que haja alguma contraindicação médica para tal. Os melhores exercícios nessa fase são os de baixo impacto e sem grande consumo energético, como caminhadas, hidroginástica, esteira e treino funcional direcionado para a gestante. Vale ressaltar aqui também a importância da orientação de um Educador Físico.

5. Quais problemas são comuns na gravidez e como evitá-los?

R – Há uma enorme gama de intercorrências clínicas que podem ocorrer durante a gravidez. Entre as principais estão a infecção urinária, hipertensão arterial, o diabetes gestacional, os corrimentos vaginais, entre outros. A melhor forma de evitá-las e tratá-las é fazer um pré-natal adequado, com a ajuda de uma equipe médica competente.

6. Quais são os pontos de atenção na saúde da mulher após o parto?

R – Logo após o parto (puérpera), a mulher deve ficar atenta aos sinais de seu corpo, como febre, endurecimento das mamas, sangramentos excessivos, entre outros. Manter os cuidados com a higiene pessoal, uma alimentação saudável, boas técnicas de amamentação, e visitas periódicas ao médico podem evitar as complicações.

7. Quais são as principais dicas para as mulheres que desejam engravidar, mas não conseguem?

R – A mulher em idade reprodutiva, que deseja engravidar e não consegue, pode apresentar algum problema de fertilidade. No entanto, cerca de 30% dos casos estão ligados ao fator masculino, por isso, a avaliação médica deve ser realizada com o casal, e não apenas com a mulher. Assim, o primeiro passo é buscar uma orientação especializada com um Ginecologista e, conforme indicação, procurar um especialista em reprodução humana, o Infertileuta. A minha dica é que as mulheres que desejam engravidar já comecem a consumir ácido fólico antes da concepção, o que diminui o risco de más-formações do sistema nervoso do embrião.