5 Cuidados na gravidez para a saúde da mamãe e do bebê

Quinta, 13 Dezembro 2018 15:52

São nove meses de um turbilhão de emoções, hormônios e cuidados indispensáveis. Pensando nisso, nós separamos 5 pontos de atenção importantes para a saúde das mamães e dos bebês durante a gravidez!

Pré-natal

O pré-natal é um processo fundamental para esclarecer todas as dúvidas e garantir um parto seguro. As consultas e exames devem ser realizados periodicamente para o acompanhamento do bebê e para a identificação de possíveis problemas, como anemia, diabetes, hipertensão e doenças sexualmente transmissíveis. O apoio de um médico de confiança também faz toda a diferença para a redução do estresse e da ansiedade nesse período!

Enjoos

Os famosos enjoos da gravidez são muito comuns no início da gestação, e costumam melhorar depois do terceiro mês. Alguns cuidados podem ajudar a preveni-los, como evitar o consumo de alimentos gordurosos e se deitar logo após as refeições, beber bastante água e comer em quantidades menores, mas de duas em duas horas. Além disso, comer biscoitos de água e sal antes de levantar da cama pode ajudar, no entanto, também é importante identificar quais alimentos provocam mais os enjoos e, assim, evitá-los.

Alimentação e exercícios

Manter uma alimentação saudável e rica em nutrientes, bem como a prática de exercícios apropriados para o período da gestação é essencial para a formação saudável do bebê. Dessa forma, é importante buscar as orientações de uma nutricionista, seguindo por uma dieta específica e adequada.

No dia a dia, o consumo de proteínas magras (peixes e aves), vitaminas do complexo B (brócolis, tomate e ervilha), cálcio (leite e derivados) e ferro (feijão e beterraba) é muito importante. Quanto aos exercícios, a caminhada, o pilates, e a hidroginástica são os mais indicados durante a gravidez. Mas como cada caso é um caso, é indispensável realizar o acompanhamento e as recomendações de um médico!

Substâncias químicas

Não é recomendado o consumo de álcool, drogas, cafeína e tabaco no período de gestação e amamentação. Tudo o que é ingerido pela mãe passa para o bebê por meio da corrente sanguínea e da placenta, e esse tipo de substância pode causar a má formação fetal, entre outros graves problemas para a saúde tanto da mãe quanto do filho!

Sono e repouso

O repouso é importante para prevenir o agravamento de problemas como a pré-eclâmpsia (aumento da pressão da gestante), ou o descolamento da placenta. Portanto, é fundamental seguir as recomendações do médico responsável pelo pré-natal, especialmente no primeiro trimestre da gravidez – em que ocorre a implantação da placenta no útero e há a maior descarga de hormônios no corpo.

Mas é também preciso estar atenta! Com exceção de casos graves, em que há a necessidade de repouso absoluto, exercícios leves e diários não podem ser deixados de lado, evitando problemas como trombose, perda de massa óssea, ou o ganho excessivo de peso.

Para que o corpo se adapte às mudanças físicas e hormonais, é importante encontrar a posição mais confortável para o sono e dormir ente 10 e 12 horas por noite. Outros cuidados simples fazem toda a diferença nesse período, como um quarto arejado, roupas de cama limpas e macias, silêncio e pensamentos relaxantes antes de dormir!