Hospital Regional do Tapajós avança em procedimentos neurológicos e realiza cirurgia inédita de aneurisma por microscopia

WhatsApp Image 2022-01-19 at 15.17.08

Unidade é a primeira da Região Sudoeste a realizar o procedimento pelo SUS. Paciente foi uma mulher de 47 anos, moradora de Oriximiná.  

O Hospital Regional do Tapajós (HRT), administrado pelo Instituto Mais Saúde, localizado em Itaituba, fez a primeira cirurgia de aneurisma por microscopia. O procedimento delicado, que exige aparato tecnológico e qualificação da equipe médica, representou um novo marco na saúde pública do interior do estado.

O procedimento Vascular Intracraniana aconteceu na terça-feira (18), e o hospital, que pertence ao Estado, é o primeiro da região sudoeste do Pará a realizar o procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O neurocirurgião do HRT, Feliciano Cordeiro, responsável pela microcirurgia, relatou que a cirurgia com clipagem de aneurisma cerebral é um procedimento de alta complexidade, que caso não seja tratado pode levar a morte.

A paciente é Maria de Nazaré Vieira Silva de 47 anos. Ela deu entrada na unidade no dia 14 de janeiro, após ser transferida de Oriximiná, seu município natal, para Itaituba, via de UTI área. Ela sofria com fortes dores de cabeça, que surgiram repentinamente, associadas a alterações no nível de consciência e sinais de irritação meníngea.

A suspeita inicial era de meningite, mas durante exames realizado no HRT foi constatado uma hemorragia subaracnóidea com hidrocefalia. O Drº Feliciano informou que de imediato foi acionado a equipe multiprofissional do HRT para um procedimento inicial. Afim de diminuir a pressão intracraniana, haja vista que a hidrocefalia já havia se instalado, devido ao sangramento.

“Fizemos um dreno extraventricular. Nos dias seguintes fizemos uma ampla tomográfica, que nos mostrou um aneurisma de carótida interna do lado direito”, explicou o médico.

Já dia 18 de janeiro a paciente, a paciente passou pelo procedimento cirúrgico, o qual foi um sucesso. “Após o término da cirurgia, ela foi encaminhada para UTI. A paciente seguiu sob cuidados na terapia intensiva, que também possui uma excelente equipe técnica. A previsão é que neste fim de semana ela possa receber alta”, finalizou.

Para a diretora-geral da unidade, Karla Cajaiba, a equipe de Neurocirurgia, assim como a de Neurologia do Hospital Regional do Tapajós, estão executando ações de assistência em saúde que tem feito total diferença na vida dos paraenses. “Já realizamos em nossa unidade os mais complexos tipos de tratamentos neurológicos, a exemplo de microcirurgia de tumores, como também das cirurgias complexas de coluna vertebral, e agora de aneurisma cerebral. Já foram centenas de casos complexos adotados e realizados através das nossas equipes. Esta, de fato, tornou-se uma cultura da nossa instituição: prestar uma assistência qualificada de maneira humanizada”, enfatizou.

Por Moisés Sodré