Dores de cabeça na adolescência: Conheça as principais causas

Sexta, 22 Fevereiro 2019 15:00 |

A dor de cabeça, ou cefaleia, é com certeza um dos sintomas mais recorrentes e pode ocorrer desde a infância até a velhice. Entenda os diferentes tipos e causas desse sinal na adolescência!

Cefaleia primária

Caracterizada por dores de cabeça tensionais, as mais comuns na adolescência, a cefaleia primária não está associada a doenças e ocorre devido a contrações musculares, decorrentes principalmente do cansaço e do estresse. Essas dores costumam apresentar a sensação de pressão ou aperto, de intensidade leve ou moderada, e podem durar entre 30 minutos e 7 dias.

A cefaleia primárica também pode evluir para crises de enxaqueca, geralmente ligada a um histórico familiar, ou aos hábitos de vida e de alimentação. A intensidade das dores costuma ser de moderada a intensa, com duração de 2 horas a 3 dias. Além disso, a enxaqueca também pode envolver sintomas como náuseas, vômitos, e sensibilidade à luz e ao barulho.

Cefaleia secundária

A cefaleia secundária é o tipo de dor de cabeça decorrente de outras doenças, como gripe, sinusite e febre. Como está associada a outros sintomas, o tratamento deve seguir as orientações médicas.

No caso de sinais como alterações neurológicas, visuais ou comportamentais, convulsões, vômitos e dores intensas, é indispensável o diganóstico e o acompanhamento de um neurologista, já que o sintoma pode estar associado a problemas mais graves.

Vale ressaltar que, mesmo parecendo simples e passageiro, todo sintoma deve ser avaliado por um médico, de forma a garantir o tratamento adequado!

Artigos que você também pode achar interessante